Araxaense José Otávio Lemos é homenageado pela Câmara Federal

Ele recebeu o Mérito Legislativo

Por Da redação 24/11/2017 - 08:47 hs
Foto: Divulgação
José Otávio Lemos recebeu, durante sessão solene no Plenário Ulisses Guimarães da Câmara Federal, a mais alta homenagem que pode ser outorgada pelo Legislativo Nacional: o Mérito Legislativo.

Foram 41 brasileiros escolhidos para o Mérito pelos seus currículos significativos para avanços de várias áreas da coletividade.

Dentre os agraciados, a Ministra Carmen Lúcia Antunes Rocha, Presidente do Supremo Tribunal Federal; a cantora e compositora Elza da Conceição Soares; a jogadora de futebol Marta Vieira da Silva; o presidente do Facebook Mark Elliot Zuckerberg.

O araxaense José Otávio Lemos obteve a distinção alicerçada no trabalho do mesmo na área agropecuária, dentro e fora do Brasil, bem como nas suas produções literárias, com vários livros na área da agropecuária, poemas, contos e literatura infanto-juvenil., Também  como artista plástico que é, reconhecido com premiações nacionais e internacionais, pela crítica especializada.

A Medalha foi colocada no peito de José Otávio pelo Deputado Marcos Cordeiro Montes (Líder do PSD e da bancada ruralista) e Paulo Piau, Prefeito de Uberaba, esteve ao lado  do agraciado também.

Foi uma cerimônia concorridíssima, aberta pelo Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), que falou: “Criada em 1983, a Medalha Mérito Legislativo destina-se a distinguir e condecorar autoridades, personalidades, instituições ou entidades, campanhas, programas ou movimentos de cunho social, civil ou militar, nacionais ou estrangeiros, que tenham prestado serviços relevantes ao Poder Legislativo ou ao Brasil. O indicado pode ser cientista, político, ator, cantor, religioso, enfim qualquer pessoa que em certo momento da história do País realizou trabalho que teve repercussão “e recebeu a admiração do povo brasileiro.”

Também  fez uso da palavra, antes da entrega da Medalha a cada agraciado, a Deputada Federal Mariana Carvalho (PSDB), Segunda Secretária da Mesa Diretora, exaltando que aquele momento era “muito especial para o  Brasil. Cada agraciado representa uma porção da população que engrandece a Nação”.