Serviços do PAM já são prestados na UPA 24h

Unidade que fica no bairro Guilhermina Vieira Chaer foi inaugurada nesta quinta-feira (14)

Por Da redação 14/12/2017 - 21:58 hs
Foto: Reprodução
A saúde pública de Araxá ganha um dos mais importantes empreendimentos para atender a comunidade. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araxá tem suporte estrutural e de equipamentos para atender uma cidade de em torno de 200 mil habitantes . Os atendimentos começaram na segunda-feira, 18, em regime de 24h, na Avenida João Paulo II, bairro Guilhermina Vieira Chaer. " A UPA equivale ao que o PAM faz hoje. A única diferença é que ela tem uma estrutura física adequada para nossos funcionários trabalharem e que temos uma sala de urgência, a sala vermelha, com quatro leitos com todo o aparato necessário", ressalta o Secretário de Saúde, Dr. Alonso Garcia.

O custo total do empreendimento é de R$ 4.960.378,44, sendo R$ 90.378,44 de aditivos empregados em prol da acessibilidade e sustentabilidade: escada de acesso, construção de banheiros para deficientes físicos e perfuração de poço artesiano. O recurso foi proveniente de recursos municipais. As emendas obtidas com apoio do deputado federal Mario Heringer serão empenhadas em custeios.

A unidade dispõe de uma sala de emergência com quatro leitos equipados com ventilador pulmonar mecânico e monitores cardíacos; sala de observação com 16 leitos adultos, sete leitos de pediatria e dois de isolamento; salas de gesso, pequenos procedimentos (suturas), hidratação, inalação, coleta de exames laboratoriais e eletrocardiograma, raio X e ultrassom; sete consultórios, sendo um odontológico; farmácia; sala de reuniões e posto policial. A área do terreno é de 18.664,26 metros quadrados, dos quais 1.706,66 metros quadrados compreendem a edificação. "Nós deixamos bastante espaço para que ela possa crescer e quem sabe nós vamos transformá-la a cada momento que nós entedermos que seja uma necessidade da população. Nós estamos plantando hoje um marco decisivo e definitivo para a saúde do nosso povo", ressalta o prefeito Aracely de Paula.

Com contratação direta e por concurso, serão 85 enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliar de serviços, recepcionista, operador de SUS Fácil, técnico de radiologia, assistentes técnicos administrativos e porteiros; e 45 médicos clínicos plantonistas. Também foram contratados plantonistas de apoio e 17 médicos nas áreas de cirurgia geral, ortopedia, neurologia, pediatria, odontologia e radiologia.

Os custos mensais com quadro de funcionários são estimados em R$ 200 mil, valor que será arcado com recursos próprios.

O secretário municipal de Saúde, Dr. Alonso Garcia, destaca
que a UPA desempenhará importante papel intermediário entre as Unidades Básicas de Saúde e os hospitais. Ele afirma que a abertura e funcionamento da UPA representam um avanço rumo à otimização do atendimento público em saúde.

“A UPA, sem dúvida alguma, será um marco importante com grande potencial para que nossos médicos, enfermeiros e equipe atendam melhor nossa população, ou seja, haverá um local decente para acolher os pacientes. É uma opção de saúde pública em criar um serviço de urgência e emergência eficaz, com pessoas competentes, de treinamento adequado e que possam agir de forma resolutiva”, analisa o secretário.

Ainda de acordo com o Secretário, foram investidos R$ 3.453.643,96 na aquisição de insumos e equipamentos que estão prontos para uso. A lista inclui material médico hospitalar em geral, material de proteção individual, material permanente, móveis e eletrodomésticos, fornecimento de oxigênio, soluções parentais, acessórios para manutenção do aparelho ventilador pulmonar e divisórias móveis sanfonadas, entre outros.