Mesmo com a crise financeira em MG, Prefeitura de Araxá mantém as contas em dia

Apresentação do 2° Quadrimestre de 2018 foi realizada pelo controlador-geral do município, Vicente Airton de Souza, acompanhado pelo secretário Fernandes Cândido de Barros.

Por Da redação 24/12/2018 - 00:30 hs
Foto: Assessoria de Imprensa / PMA

A Prefeitura de Araxá apresentou o balanço financeiro do 2° Quadrimestre (maio, junho, julho e agosto) para vereadores, comunidade e imprensa na tarde de segunda-feira, 17 de dezembro, no plenário Guilherme Gotelip Neto, da Câmara Municipal. O controlador-geral do município, Vicente Airton de Souza, e o secretário de Fazenda, Planejamento e Gestão, Fernandes Cândido de Barros, apresentaram as receitas e despesas realizadas, e aplicação dos recursos na Saúde, na Educação, em Despesas de Pessoal e no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).


Entre maio e agosto de 2018, a atual gestão obteve R$ 119.263.531,01 de receita (entrada de recurso aos cofres do município), valor bem menor ao arrecadado no 1° quadrimestre quando era cerca de R$ 133 mil por conta da falta de repasse de verba do governo estadual. Mesmo assim, nesse quadrimestre conseguiu superar o total da receita estimada que era de R$ 107.427.447,48, valor este que representa uma arrecadação de 11% (R$ 11.836.083,53) a mais do que previsto.


O governo municipal conseguiu superar a crise financeira e não deixou de investir nas áreas da Educação e da Saúde. Com mínimo a ser aplicado em R$ 23.655.154, 81 (25%), a atual administração investiu na Educação R$ 28.514.061,55 (30,14%), que representa R$ 4.858.906,74, 5,14% a mais do que o preconizado pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Já na Saúde, R$ 17.770.941,89 (19,16%) foi investido acima do exigido por lei que é de R$ 13.912.010,03 (15%), R$ 3.858.931,86 (4,16%) a mais, segundo balanço apresentado.

Vicente Airton de Souza, controlador-geral do município, destaca que esses números mostram o zelo que a administração Aracely de Paula tem com o dinheiro público. “Mesmo sem receber boa parte dos recursos do Fundeb, do ICMS, da transferência do Estado para aplicação da Saúde e da Educação, estamos com uma gestão bem responsável que atendeu os índices de Educação e Saúde, mantendo o equilíbrio entre a receita e a despesa”. Para o secretário Fernandes Cândido de Barros, "o prefeito Aracely tem cumprido todos os seus compromissos com relação ao pessoal, educação, saúde, segurança e saneamento. Estamos trabalhando ainda para fechar 2018, mas creio que o fechamento será sem nenhum débito”. Mais informações sobre o balanço financeiro do 2° Quadrimestre de 2018 podem ser acessadas no Portal da Transparência disponibilizado no site www.araxa.mg.gov.br.