Filas marcam primeiro dia de horário reduzido no Detran

A unidade passa a atender agora das 12 às 18h

Por Da redação 11/03/2019 - 21:21 hs
Foto: Polícia Civil

O  Detran em Araxá e o Posto de Identificação começaram a atender nesta segunda-feira (11 de março) em horário reduzido. Já nas primeiras horas da mudança foi possível notar o aumento de filas e de espera pelo serviço.


A unidade passa a atender agora das 12h às 18h. Trata-se de redução de duas horas, já que horário anterior era das 10 às 18h.

Entenda o caso


De acordo com o Delegado de Trânsito, Renato de Alcino, a redução é necessária para que seja possível cumprir as tarefas internas, tais como: investigações, processamento de documentos de trânsito e identidade, cumprimento de ordens judiciais, elaboração de ofícios, lançamentos de multas, assim por diante. Durante o tempo em que o órgão fica aberto, praticamente todos colaboradores estão no atendimento.


Desde 2016, os serviços prestados pelo Detran contavam com o apoio de empresas e da sociedade civil organizada. Esse apoio se dava por meio do Conselho Comunitário de
Segurança Pública (Consep), através do projeto Trânsito do Bem (antes denominado Todos por um Trânsito Melhor).


O projeto possibilitou o aumento do número de pessoas que solicitavam os serviços
diretamente, de 2% para 54%. Entre 2016 e janeiro de 2019, foram mais de 268 mil atendimentos. Foi essencial para desenvolvimento de outro projeto, o Renovar, relacionado ao leilão de veículos apreendidos. Além disso, possibilitou dar celeridade no cumprimento de ordens judiciais e requisições.


Apesar dos bons indicadores, este mês, o projeto Trânsito do Bem foi desmobilizado. O projeto não dispõe mais de recursos financeiros. O Consep pediu a renovação ao principal apoiador e aguarda manifestação. Com o encerramento, oito colaboradores do projeto que atuavam no Detran estão sendo desligados.


A situação ficou ainda mais delicada em virtude da saída e do remanejamento de sete
servidores que estavam cedidos por prefeituras da região. Ou seja, se somarem todos os desligamentos, o Detran e o Posto de Identificação de Araxá perderam quinze funcionários nos últimos anos.


O Setor de Vistoria e Emplacamento foi o primeiro serviço a sentir os efeitos. Somente este setor perdeu quatro colaboradores (dois do projeto e dois de prefeituras). Atualmente, o agendamento de vistoria somente é possível para daqui um mês.


A situação foi levada ao conhecimento do Delegado Regional, responsável pelas tratativas junto às prefeituras. O dr. Vitor Hugo tem envidado esforços para tentar recompor o quadro de colaboradores, mas a solução não depende apenas dessa chefia, diz o delegado de Trânsito.


C/ Ascom PC