Prefeitura encerra Semana da Imprensa de Araxá com debate sobre Fake News

Por Da redação 10/06/2019 - 21:02 hs
Foto: Assessoria de Imprensa / PMA

A Prefeitura, através da Secretaria de Educação, realizou a Semana da Imprensa de Araxá, encerrada na última sexta-feira, 7 de junho, com debate sobre o seguinte tema “O Jornalismo em Tempos de Fake News”, na Biblioteca Pública Municipal Viriato Côrrea. A convite da coordenação do espaço, o jornalista César Campos e o juiz de Direito, Dr. Renato Zouain Zupo, mediaram o debate realizado no Dia da Liberdade de Imprensa que contou com a participação do público presente. O encerramento da semana também foi prestigiado pela nova secretária de Educação, Edna de Fátima Resende Campos.


Com experiência na imprensa, Dr. Renato destacou a importância de tratar o tema nos dias de hoje, já que o Fake News pode fazer vítimas na rede social. “Entendemos que, dada a praticidade da vida moderna, deveriam ser criados órgãos controladores para atestar a veracidade dessa informação como o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) que atua na veiculação de propagandas no país”, defende o juiz. Para César Campos, a rede social atualmente é cheia de ódio e, para ele, a Fake News contribui para esse clima hostil na internet. “Isso, de certa forma, me preocupa muito”, afirma o jornalista, durante debate.


Maria Amália Dumont, coordenadora da biblioteca, avaliou positivamente a semana que teve o Café com Letras, acompanhado da apresentação do novo local da Biblioteca Pública Municipal Viriato Côrrea, a exposição por meio de matéria e fotos de acontecimentos mais importantes de Araxá registrados pela imprensa nas últimas décadas e a Conversa com a Escritora e Jornalista Leila Ferreira abordando o tema “O Poder da Palavra”. “Queríamos fazer essa homenagem para imprensa e mostrar toda a nossa admiração pelo trabalho desenvolvido. A semana foi realizada também como uma forma de divulgação para a nossa nova sede. Estamos muito felizes com o resultado obtido pela Semana da Imprensa de Araxá”, conclui.