Polícia Civil recupera trator avaliado em R$ 400 mil

Por Da redação 26/11/2019 - 23:16 hs
Foto: Polícia Civil

Nesta segunda-feira, (25) a Polícia Civil de Minas Gerais, através da Delegacia de Polícia de Ibiá, chefiada pelo Dr. André Luis de Campos, após incansáveis diligências realizadas pelos Investigadores Danilo, Isabela e Larissa, conseguiu localizar e apreender o trator NewHolland T7, ano/modelo 2019, avaliado em, aproximadamente, R$400.000,00 (quatrocentos mil reais), pertencente à um produtor que foi vítima de furto em uma fazenda situada no município de Ibiá há cerca de trinta dias. 


As investigações desenrolaram e apontaram a região e tipo de local que estaria escondido o maquinário, sendo uma “mata fechada” com pontos de referência bem característicos. Em posse das informações, foi montada uma operação pela Polícia Civil de Ibiá, que contou com o auxílio dos próprios produtores e funcionários, sendo delimitada uma área estimada e iniciada as buscas por volta de 13h. Por volta das 19 horas, foi possível evidenciar o rastro do trator que levou até seu encontro em meio a uma ribanceira com imensa vegetação o cobrindo. 


O Produto de crime foi apreendido e passará por exames periciais para posterior liberação às vítimas, visto que haviam suspeitas de o veículo  ter sofrido adulteração para ser comercializado ilicitamente.


O êxito das investigações se deu pelo trabalho ágil e eficaz do Ministério Público e do Poder Judiciário da Comarca de Ibiá, que foram favoráveis às solicitações requeridas pela autoridade policial, possibilitando recuperar o  veículo furtado e ressarcir o prejuízo de mais um produtor rural.


A Polícia Civil de Ibiá contou com o apoio em algumas fases das investigações dos policiais da delegacia especializada em crimes rurais da cidade de Araxá, chefiada pelo delegado Thiago e delegado regional Vitor Hugo Heisler, além de auxílio de militares daquela região que, constantemente mantiveram contato e alimentaram as investigações com informações através do cabo Hugo Leonardo Silva Ferreira, do tático móvel.


Diligências continuam no intuito de apurar a autoria deste crime.


Fonte: Polícia Civil