O que grupo preso com armas em BMW fazia em Araxá?

Por Da redação 18/02/2021 - 14:50 hs
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Continua preso um grupo de seis pessoas flagradas ontem pela Polícia Militar na Avenida Senador Montandon, região central, em carros de luxo. Dentro dos veículos a PM encontrou armas. "Eles foram autuados por associação criminosa qualificada pelo emprego de arma de fogo e um deles por porte ilegal de arma de fogo", afirma o delegado regional Vitor Hugo Heisler.


A Polícia Civil já começou a investigar o caso. A versão apresentada pelos suspeitos em depoimento não foi confirmada por todos. "Ocorreram algumas controvérsias nestes depoimentos, mas a base é que eles vieram a Araxá encontrar com uma pessoa que teria investido em Itabira em situações de internet em busca de lucro. Ele repartiria esse lucro com essas pessoas e acabou que não deu certo. Ele tinha uma dívida muito grande com um grupo de pessoas e, segundo eles, eles vieram  para levar ele de volta para Itabira em segurança e, segundo alguns, para ter uma reunião com ele de como ele saldaria essa dívida com essas pessoas", explica o delegado.


Os dois policiais militares presos durante a ação não atuavam na região. Eles foram encaminhados para o Batalhão da PM em Uberlândia. Os demais suspeitos foram encaminhados para o presídio de Sacramento.