Araxá Agora

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
Escritor araxaense ganha novamente prêmio nacional

Cultura

Escritor araxaense ganha novamente prêmio nacional

O livro Achados e Perdidos, de Rafael Nolli ficou entre os primeiros colocados na categoria Literatura Juvenil do Prêmio Glória Pondé

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O livro Achados e Perdidos, de Rafael Nolli ficou entre os primeiros colocados na categoria Literatura Juvenil do Prêmio Glória Pondé, da Biblioteca Nacional. O resultado foi divulgado agora em novembro e a mesma obra já havia sido reconhecida nacionalmente em 2021, com o Prêmio Cepe Infantojuvenil. Para o autor, são conquistas especiais e muito relevantes: “Esse novo prêmio é um dos mais importantes do país, concedido por uma instituição de renome que é a Biblioteca Nacional. Então, ter esse reconhecimento é motivo, é claro, de muita alegria”.

Rafael Nolli se sente recompensado por todo esforço dedicado à produção do livro. “O Achados & Perdidos levou anos para ficar pronto, um processo envolvendo a escrita, reescrita, maturação- que é o tempo que a gente deixa o texto descansando- até a impressão, distribuição e lançamentos”.

O escritor que também é professor de geografia, tem 7 livros publicados e 18 anos dedicados à literatura. “É a coroação desses anos todos de trabalho. Fico feliz porque é uma obra literária feita com amor pelas palavras, amor pelo poder de transformação e de encantamento que elas – as palavras – possuem”.

Leia Também:

ACHADOS E PERDIDOS

Com 68 páginas, o livro tem projeto gráfico e ilustrações de Karina Freitas. É uma espécie de diário que passeia pela crônica, conto e ensaio e está dividido em três capítulos que se complementam. A primeira parte apresenta as possibilidades existentes no ato de se perder coisas. A segunda, mostra as tramas e probabilidades típicas do ato de se achar coisas e o último capítulo trata dos acasos e das imprevisibilidades. 

Em Araxá, o livro Achados e Perdidos está à venda na Livraria Nobel, na rua Dom José Gaspar 267, no centro da cidade. 

Comentários: